Indocumentado pede ajuda à polícia e é denunciado ao ICE

Viatura do Departamento de Polícia de Tukwila, Washington
O imigrante estava preocupado com um “indivíduo suspeito” que invadia a propriedade dele, no estado de Washington
Um departamento de polícia no estado de Washington tem recebido críticas depois que entregou ao Departamento de Imigração (ICE) um imigrante que contatou as autoridades para pedir ajuda. O Departamento de Polícia de Tukwila (TPD) alegou que seus agentes não agiram “com malícia” quando prenderam uma pessoa que eles confundiram ter uma ordem administrativa de busca emitida pelo ICE por uma ordem judicial de busca.
O imigrante ligou para a polícia porque estava preocupado com um “indivíduo suspeito” que invadia a propriedade dele, cerca de 5 e meia da madrugada, na quinta-feira (8), informou a polícia através de sua página no Facebook.
“Como em todo incidente, nós verificamos a identidade de todos os envolvidos. Durante o processo normal de verificação de identidades, uma ordem de busca emitida pelo Departamento de Imigração foi descoberta”, postou o departamento.
A polícia de Tukwila disse que o imigrante “reconheceu pro-ativamente” que havia uma ordem de busca em aberto e, então, foi permitido que ele contatasse um advogado e um amigo antes de ser transferido para custódia de agentes do ICE; que os levaram.
“Nesse caso em particular, os agentes foram informados que havia uma ordem, verificaram se a ordem era válida e transferiram o indivíduo nessa ordem para a autoridade que a emitiu”, detalhou a polícia.
Somente depois da prisão do imigrante é que os agentes perceberam que a ordem do ICE era administrativa, portanto, assinada por um agente e não por um juiz. “Uma ordem administrativa é simplesmente um documento assinado por um agente do ICE”, explicou Susan Gottehrer, da New York Civil Liberties Union. Ela acrescentou que “você não deve abrir a porta” se os agentes aparecerem à sua porta com uma ordem administrativa.
Apesar de o TPD não ter emitido um pedido de desculpas sobre o incidente, ele informou numa postagem posterior que não atenderia mais as ordens administrativas emitidas pelo ICE ou colaborarão com o órgão. O Departamento acrescentou que instruiu os xerifes na jurisdição sobre o assunto que possam encarar no futuro com relação as ordens de detenção e também se reuniu com ativistas defensores dos direitos dos imigrantes para “explicar a situação”.
“O Departamento de Polícia de Tukwila tem trabalhado arduamente ao longo de muitos anos para desenvolver e manter o bom relacionamento com a nossa população numerosa de imigrantes e refugiados. Esses relacionamentos são importantes para o Departamento”, informou a polícia.
The post Indocumentado pede ajuda à polícia e é denunciado ao ICE appeared first on Brazilian Voice Newspaper.

Fonte: Brazilian Voice

FN