Polêmica sobre contratos de rodovias dificulta votação de MP

Pontos controversos da Medida Provisória 800/17 dificultam a votação da proposta em Plenário. Alguns partidos governistas, a exemplo do DEM e do PSDB, retiraram a obstrução à MP, mas os partidos contrários ao governo Temer – PSB, PDT, PT, PCdoB e PSol – e também outras legendas – como PV, (…)

Ler mais

José Dirceu vira réu pela terceira vez na Lava Jato

O ex-ministro José Dirceu (PT), já condenado em dois processos da Operação Lava Jato que somam penas de 41 anos de prisão, tornou-se réu pela terceira vez ontem (20), por decisão do

Ler mais

Agência Intermunicipal em Saúde anuncia retorno de atendimentos no Centro Mais Vida em Juiz de Fora

Governo de Minas se comprometeu a repassar parte dos recursos que está atrasada há um ano e meio.  Sede da Acispes, em Juiz de Fora
Reprodução/TV Integração
A Agência de Cooperação Intermunicipal em Saúde Pé da Serra (Acispes) anunciou que vai normalizar os atendimentos do Centro Mais Vida, em Juiz de Fora, a partir da próxima segunda-feira (26). O serviço foi interrompido no início de fevereiro.
Em carta aberta, a direção da unidade disse que foi feito um acerto com o Governo de Minas para o repasse de recursos que estavam atrasados há um ano e meio, totalizando quase R$ 5 milhões.
O presidente da Acispes, Ormeu Rabello Filho, se reuniu com o governador Fernando Pimentel (PT) no último dia 15 de fevereiro. Durante o encontro, ficou definido o pagamento de R$ 1.226.394,88 correspondente ao último quadrimestre de 2016, em duas parcelas iguais de R$ 613.197,44, a primeira com vencimento ainda em fevereiro e a segunda na primeira quinzena de março.
Atendimentos interrompidos
A falta de repasse ocorre há um ano e meio e a dívida se aproxima de R$ 5 milhões. Deste então, o Centro Mais Vida é custeado pelas 26 Prefeituras que administram a Acispes. No fim de janeiro, os prefeitos se reuniram e decidiram pela paralização do programa.
De acordo com a coordenadora, Elaine Barbosa, o programa já não recebe novos pacientes e apenas atendimentos de idosos que já estão com consultas marcadas são cumpridos. Ela contou que muitas Prefeituras não oferecem não oferecem esse tipo de serviço nas cidades, o que deixa a situação ainda mais complicada.
Em nota, a SES-MG infomou que Minas Gerais enfrenta um dédicit financeiro, que é refletido em vários setores, inclusive na saúde. Disse ainda que o governo decretou situação de calamidade financeira em dezembro de 2016, mas se esforça para honrar os compromissos.
Mais Vida
O Centro Mais Vida é uma iniciativa da Secretaria do Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) que oferece atendimento especializado e apoio psicossocial aos pacientes da terceira idade com saúde fragilizada. No programa, o idoso passa por uma avaliação funcional completa e multiprofissional em diversas áreas da saúde.
A Acispes foi escolhida para encampar a unidade voltada para o atendimento de toda a Macrorregião Sudeste do Estado. Com isso, desde o dia 5 de dezembro de 2008, o prédio da agência é destinado para idosos de diversas cidades mineiras.
Precisamente, 67.981 idosos foram atendidos pelo Centro Mais Vida Macrorregião Sudeste de 2009 até o dia 24 de janeiro de 2018.

Ler mais

Filho de delator reafirma que Lula abençoou negócio fraudulento

O executivo Fernando Schahin  confirmou na manhã desta quarta-feira (21) ao juiz Sergio Moro que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva “abençoou” a contratação do grupo Schahin pela Petrobras para operar o navio-sonda Vitória 10.000. O negócio teria sido firmado sob a prerrogativa de que fosse quitada uma dívida que o PT mantinha com o banco.
Leia mais (02/21/2018 – 15h01)

Ler mais

Temer rebate Lula e nega ‘significação eleitoral’ em intervenção

O presidente Michel Temer rebateu nesta quarta-feira (21) o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e disse que a intervenção federal no Rio de Janeiro não foi motivada por interesses eleitorais.
Leia mais (02/21/2018 – 15h09)

Ler mais