Se ligue nos links (7 de abril)

2) O blog Guido Fawkes noticiou que o líder trabalhista britânico Jeremy Corbyn, acusado de leniência com o antissemitismo em seu partido, passou o jantar da Páscoa judaica, o Seder, com um grupo de judeus esquerdistas que não poupa críticas a Israel nem ao sionismo, atitude que lhe rendeu novos ataques, de acordo com o Guardian.

Ler mais