Às vésperas de julgamento, petistas se reúnem em ato de apoio a Lula

13/01/201813h42A 11 dias do “dia L”, o “dia D” do , o PT intensifica sua agenda de atos para apoiar o ex-presidente –que terá sua , decretada pelo juiz Sergio Moro em julho, julgada em segunda instância pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região no dia 24, em Porto Alegre.
Sob garoa e o grito de guerra , o diretório paulistano do PT lançou neste sábado (13) o Comitê Popular em Defesa da Democracia e do Lula Ser Candidato, com presença de militantes históricos, como o ator Sérgio Mamberti, e parte da cúpula paulista da sigla, como Rui Falcão, ex-presidente do partido, a ex-ministra Eleonora Meniccuci e o vereador Eduardo Suplicy.
São cerca de 180 comitês afins só no Estado de São Paulo, segundo o vereador Antonio Donato, líder da oposição na Câmara Municipal, que recebeu o número na véspera, em reunião com a presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann.
O PT zelará por manifestações pacíficas, dizem seus dirigentes num momento de escalada da tensão entre grupos pró e anti-Lula –o presidente do TRF-4 disse que um militante ameaçou atacar o tribunal, e o prefeito de Porto Alegre, Nelson Marchezan Jr.

Fonte: Folha de S.Paulo

Comentários Facebook

FN