Hamas convoca rebelião contra decisão dos EUA sobre Jerusalém

Netanyahu disse que diversos países estudam seguir Trump e reconhecer “cidade santa” como capital de Israel

Fonte: Valor Econômico

Comentários Facebook

FN