Uso de ranking faz crescer chance de jogo entre campeões na 1ª fase da Copa

30/11/201721h50Três grupos da primeira fase da Copa do Mundo de 2018, na Rússia, poderão ter cada, algo inédito no principal torneio de seleções do planeta. Isso por que, neste ano, a Fifa mudou os critérios para definição dos potes do sorteio das chaves da competição, levando em consideração apenas o seu ranking de seleções.
“Creio que encontramos, com essa fórmula, a maneira mais justa de distribuir as equipes, refletindo o ranking da Fifa”, diz o chefe de competições e oficial de eventos da entidade, Colin Smith.
O sorteio dos grupos da Copa do Mundo de 2018 acontece nesta sexta-feira (1º), às 13h (de Brasília), em Moscou.
Utilizar o ranking para definir os potes do sorteio foi uma maneira de a Fifa dar relevância para a sua lista. A mudança para o sorteio desta sexta é também uma resposta da entidade para reclamações de que os potes eram desiguais, já que apenas os cabeças de chave saíam por um critério 100% técnico.
A novidade fez com que pela primeira vez uma seleção europeia, no caso a Sérvia, esteja na relação das equipes teoricamente mais fracas.

Fonte: Folha de S.Paulo

Comentários Facebook

FN