Preso, Sérgio Côrtes sugeriu que detentos com conjuntivite fossem transferidos de Benfica

Sérgio Côrtes está preso desde abril do ano passado Foto: Michel Filho / Agência O GloboConjuntivite nos olhos dos outros é refresco! Diante de um surto de conjuntivite na Cadeia Pública José Frederico Marques, em Benfica, na Zona Norte, o ex-secretário estadual de Saúde do Rio, Sérgio Côrtes, sugeriu à Secretaria de Administração Penitenciária (Seap)que os 27 detentos contaminados com a doença fossem transferidos para suas unidades de destino. Preso, o médico tem autorização judicial para exercer seu ofício no cárcere e foi ele quem atendeu os internos contaminados. Em seguida, o ex-secretário informou à pasta sobre a situação num documento assinado por ele e datado no último dia 4.
Ao tomar conhecimento da situação, o Núcleo do Sistema Penitenciário da Defensoria Pública estadual (Nuspen) entrou com uma medida cautelar na Justiça para que a transferência não ocorresse. O órgão queria evitar que a doença se alastrasse pelo sistema prisional e pediu que os internos fossem isolados de imediato.
A Seap, no entanto, transferiu os presos contaminados antes da decisão judicial. A Cadeia Pública José Frederico Marques é uma unidade de triagem, para onde são levados 80% das pessoas presas no estado. De lá, elas são encaminhadas para outras unidades. Em seu parecer, Côrtes sugeriu que isso ocorresse logo, mas não explicou o porquê dessa medida.

Fonte: Extra Online

FN