Estado aposta na arrecadação para pagar RAS e parte do 13º nas próximas semanas

Foto: Fabiano Rocha / Agência O GloboA receita obtida com o IPVA será decisiva para que o Estado do Rio quite os pagamentos pendentes junto ao funcionalismo. Na próxima semana, o governo já terá uma arrecadação mais robusta diante dos primeiros dias de recolhimento do imposto, além de ter uma previsão do que terá de receita até o fim do mês.
Existe a possibilidade de depositar o 13º salário de 2017 para a faixa de servidores que recebem até R$ 4 mil somente com a arrecadação de tributos. A medida é defendida pelo governador Luiz Fernando Pezão. A ideia é beneficiar a base do funcionalismo, que ganha menos. Outra possibilidade é utilizar o dinheiro para pagar o RAS e as metas devidas a policiais civis e militares. A dívida gira em torno de R$ 60 milhões.
Quanto ao 13º salário, a tendência é que possíveis pagamentos aconteçam a partir do dia 22 de janeiro. Os técnicos responsáveis pela arrecadação esperam ter, já no fim da próxima semana, uma previsão sobre o que será possível ser feito.

Fonte: Extra Online

FN