Em Teresópolis, postos de saúde ficam lotados um dia após morte por febre amarela

Fila de vacinação no posto doutor Armando de Sá Couto, no centro de Teresópolis Foto: Domingos Peixoto / Agência O GloboOs moradores de Teresópolis, na Região Serrana, foram cedo para os postos de saúde da cidade em busca da vacina contra a febre amarela neste sábado, um dia após a confirmação da primeira morte por febre amarela no estado do Rio este ano. A vítima era um morador da área rural do município.
No principal posto de vacinação na região central da cidade, o Centro de Saúde Dr. Armando Gomes de Sá Couto, na Várzea, havia mais de 200 pessoas na fila às 10h. A espera é de mais de uma hora pelo imunizante. A grande procura é resultado da apreensão por parte dos moradores provocada pela doença.
– A vacina e rápida, mas a procura é grande. Há uns 15 dias ouvimos que houve morte de macaco na área de preservação. Pessoal ficou em alerta. Já estávamos preocupados, agora com essa confirmação assustou. Recebi uns 3 ou 4 avisos pelo WhatsApp. Não só fã de vacina, mas a gente fica preocupado – diz o comerciante Eduardo Pacheco , de 40 anos.
A cozinheira Edna Lima, de 50 anos, precisou mudar a programação para hoje.

Fonte: Extra Online

Comentários Facebook

FN