Otan afirma estar preocupada com sistema de mísseis da Rússia

A Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) afirmou nesta sexta-feira que está preocupada com um sistema de mísseis russo que poderia transportar ogivas nucleares e que poderia violar um tratado de armas da Guerra Fria.

A aliança militar, liderada pelos Estados Unidos, disse, em uma declaração, que “os aliados identificaram um sistema de mísseis russo que suscita sérias preocupações”. A Otan instou a Rússia a “abordar essas preocupações de forma substancial e transparente e a se envolver ativamente em um diálogo técnico com os Estados Unidos”. A Otan teme que o sistema viole o Tratado de Forças Nucleares de 1987.

O comunicado dizia que uma situação em que os EUA e outros países respeitavam o acordo, mas a Rússia não, era uma “preocupação grave e urgente”. Moscou, por sua vez, afirmou que as defesas de mísseis dos EUA violam o pacto. No passado, o governo do ex-presidente Barack Obama trabalhou para convencer a Rússia a respeitar o tratado, mas parecia não ter feito nenhum progresso.

A embaixadora dos EUA na Otan, Kay Bailey Hutchison, descreveu o comportamento da Rússia como “perigoso e desestabilizador”. Ela afirmou que os aliados americanos “reafirmaram que os EUA estão em conformidade com nossas obrigações no âmbito do tratado de 1987 e que o comportamento da Rússia suscita sérias preocupações”, disse, em comunicado. Fonte: Associated Press.

Fonte: ISTOÉ Independente

FN