Jogadores e técnico que revelou ex-Vasco morto a tiros desabafam: ‘Ficha não caiu’

Amigos e ex-companheiros de trabalho do jogador de futebol Alan Júnior Pereira Alves, de 26 anos, ex-atleta do Vasco da Gama, do Rio de Janeiro, e que atualmente atuava no Club Deportivo y Social Santa Rita, do Equador,morto em Praia Grande, no litoral de São Paulo, na noite de sexta-feira (12), guardam apenas boas recordações do jovem e ainda estão perplexos com o crime. Ele será sepultado neste domingo (14).

Fonte: G1

Comentários Facebook

FN