Irã rejeita mudanças e Rússia condena fala de Trump sobre acordo nuclear

13/01/201808h37Neste sábado (13), o Irã declarou que não aceitará qualquer mudança no acordo nuclear de 2015, após o presidente americano, Donald Trump, ter dito que sairia do acordo caso aliados signatários não corrigissem as “falhas terríveis”.
Segundo a declaração dada pelo ministro das Relações Exteriores do Irã à agência estatal IRNA, o país “não aceitará nenhuma mudança no acordo, não agora nem no futuro”. “O Irã não tomará nenhuma atitude além de seus compromissos”, acrescentou.
O ministro também disse que o Irã não permitirá que o acordo seja associado a outros assuntos. Trump havia sugerido que o alívio às sanções, graças ao acordo, estaria ligado à limitação do programa iraniano de mísseis balísticos de longo alcance.
A Rússia, que é signatária do acordo, condenou a fala de Trump sobre o acordo com o Irã neste sábado. Segundo o vice-ministro de Relações Exteriores russo, Sergei Ryabkov, a Rússia considera os comentários do presidente americano extremamente negativos.

O presidente americano. Donald Trump, (12) o acordo nuclear firmado com o Irã em 2015, mas disse que seria a última vez, para dar uma chance aos aliados dos EUA de corrigir “falhas terríveis”.

Fonte: Folha de S.Paulo

Comentários Facebook

FN