Consumidores residenciais da Enel Rio terão aumento de 21% na conta de luz

Enel: correção começa a ser aplicada a partir de quinta-feira Foto: ArquivoBRASÍLIA — A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou nesta terça-feira, dia 13, um aumento médio de 21,46% nas contas de luz dos consumidores residenciais da Enel Rio, antiga Ampla. A alta começa a valer a partir da próxima quinta-feira. Para os consumidores industriais, o aumento será um pouco menor, de 19,94%, em média.
A Enel Distribuição Rio atende a 3,1 milhões de unidades consumidoras no Estado do Rio de Janeiro. É uma população de 6,6 milhões de pessoas, distribuídas em 66 municípios fluminenses.
A revisão tarifária da Enel segue a tendência de reajustes autorizados pela Aneel em 2018, com índices bem acima da inflação de 2017 (que fechou o ano em 2,95%, segundo o IBGE) e a maioria na casa dos dois dígitos.
Quando a conta chega ao consumidor, ele paga pela compra da energia (custos do gerador), pela transmissão (custos da transmissora) e pela distribuição (serviços prestados pela distribuidora), além de encargos setoriais e tributos.
A maior parte do aumento nas contas de luz da Enel Rio veio do reajustes nos custos de distribuição que, sozinho, subiu 8,86%. Também pesou no aumento os reajustes nos custos de compra de energia, de transmissão de eletricidade (que inclui uma indenização multibilionária que está sendo paga às empresas pelo consumidor) e de encargos setoriais.

Fonte: Extra Online

FN