Agência de classificação de risco elogia “ampla agenda de reformas”

Uma das principais agências de classificação de risco, a Standard & Poor’s (S&P) reconheceu na noite de quinta-feira (11) os esforços do Governo do Brasil para reequilibrar as contas públicas por meio de uma “ampla agenda de reformas”. Em nota, a instituição rebaixou a nota de crédito do Brasil, uma espécie de selo de bom pagador, enquanto aguarda a conclusão da reforma da Previdência Social, entre outras medidas de ajuste fiscal.
Ao enfatizar a agenda positiva do governo brasileiro, a agência citou medidas como o teto de gastos e a modernização trabalhista como exemplo da agenda de fortalecimento das contas públicas. Em resposta, o Ministério da Fazenda reforçou o compromisso em continuar com as reformas estruturais, fundamentais para a economia brasileira.
Leia o comunicado do Ministério da Fazenda na íntegra
Fonte: Governo do Brasil, com informações do Ministério da Fazenda

Comentários Facebook

FN