Expozebu 2018 é lançada oficialmente em Uberaba; veja programação

Feira e atrações ocorrem de 28 de abril a 6 de maio. ABCZ espera movimentar R$ 170 milhões. Em 2017, os leilões e shoppings movimentaram quase R$ 35 milhões na feira
ABCZ/Divulgação
A 84ª edição da Expozebu foi lançada oficialmente em Uberaba durante a noite desta quarta-feira (21). O evento será realizado de 8 de abril e 6 de maio, no Parque Fernando Costa, e vai comemorar os 80 anos do registro genealógico das raças zebuínas, além de tratar sobre a valorização da carne e do leite de Zebu.
A expectativa da Associação dos Criadores de Zebu (ABCZ) é receber 300 mil pessoas e movimentar cerca de R$ 170 milhões neste ano. Na programação estão previstos diversos eventos e atrações musicais. Na agenda shows, por exemplo, haverá quatro nacionais. Confira
28 de abril: Jorge & Matheus
29 de abril: Larissa Manoela
30 de abril: Eduardo Costa
1º de maio: Maiara & Maraísa
Informações sobre valores de ingressos e onde comprar ainda não foram divulgadas no site da ABCZ.
Jorge & Mateus se apresentam no dia 28 de abril, abrindo a agenda de shows da Expozebu 2018
Divulgação
Outra atração para o público será a Vitrine da Carne do Leite, que vai oferecer cursos e degustações gratuitas. Assim como em 2017, o especialista em cortes e preparo de carnes, Marcelo Bolinha, já está confirmado como consultor na edição. Na ‘Vitrine do Leite’, os visitantes terão a oportunidade de conhecer queijos de Zebu premiados em competições internacionais.
Entre as ações comemorativas aos 80 anos do registro genealógico das raças zebuínas, está uma homenagem aos primeiros animais de cada raça que receberam a certificação da entidade. Uma placa levando o nome de todos eles será descerrada no Parque Fernando Costa.
Além disso, a Expozebu também vai lançar durante a feira uma campanha nacional com o objetivo de levar mais informações sobre as características e importância da carne e do leite de Zebu.
Vitrine da Carne é uma das principais atrações da feira, com degustação e cursos gratuitos para os visitantes
ABCZ/Divulgação
Veja alguns dos principais eventos da programação
Cultura e gastronomia: dentro da Expozebu também terá uma feira com expositores que vão comercializar produtos como doces, queijos, cachaça, embutidos e artesanato. Serão cerca de 70 expositores. O espaço será montado no Pavilhão Multiuso, e o objetivo, além de promover a produção e gerar renda para os pequenos produtores, é oferecer mais uma opção de lazer para os visitantes.
Mais atrações: além dos shows, a Expozebu terá uma programação gastronômica incluindo um Festival de Food Trucks. A Vila Universitária também vai contar com a presença de mais de 10 grupos de universidades da região.
Museu do Zebu: a 35ª Mostra do Museu do Zebu vai ressaltar os 80 anos do Registro Genealógico. O tema também estará na pauta do 3º Fórum de Discussões, que irá tratar da evolução do setor, desde o início do Registro até os dias atuais, com o Genoma. A programação, mais uma vez, é voltada a criadores, profissionais do setor e universitários.
Leilões e negócios: a temporada de leilões e shoppings de animais terá 24 eventos, começando no dia 28 de abril. Só em leilões, já são 22 programados até agora. Em 2017, os leilões e shoppings movimentaram quase R$ 35 milhões. No Parque Fernando Costa, mais de 60% da área comercial já está ocupada, com empresas de produtos e serviços ligados ao setor. No ano passado, a Expozebu movimentou, direta e indiretamente, cerca de R$ 150 milhões.
Bovinos serão expostos durante a feira
ABCZ/Divulgação
Concurso Leiteiro Tradicional e de Fazenda: neste ano será comemorado 40 anos do Concurso Leiteiro, com duas premiações. Uma delas se baseará apenas em volume de leite produzido, a outra, em leite corrigido para sólidos totais (LCST). A prova será realizada de 30 de abril a 3 de maio, com ordenhas às 14h, 22h e às 6h.
Autoridades: já foram enviados convites da Expozebu a governadores, deputados federais e estaduais, além de prefeitos e vereadores da região. Segundo a ABCZ, em março, o convite também será feito pessoalmente pela diretoria da associação ao presidente da República, Michel Temer, e ao ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi.
ABCZ Jovem: está sendo organizado um ciclo de palestras e debates. Entre as atividades promovidas pela “ABCZ Jovem” estão confirmadas o 8º Encontro Rural Jovem, a Conferência Entidades Jovens da Pecuária, e ações ligadas ao Pró-Genética.
Expozebu 2018 é lançada oficialmente em Uberaba; veja a programação de eventos

Ler mais

Técnico em enfermagem pedia dinheiro e sexo para garantir cirurgias em hospital público do AP

Homem foi preso em flagrante nesta quinta-feira (22). Ele cobrou R$ 1,2 mil para facilitar cirurgia ortopédica de paciente. Sesa diz que funcionário foi afastado. Enfermeiro do Hospital de Emergências é preso ao oferecer marcação cirúrgica por dinheiro e sexo em Macapá
Jorge Abreu/G1
Um técnico de enfermagem do Hospital de Emergências de Macapá foi preso em flagrante na tarde desta quinta-feira (22) ao cobrar dinheiro e sexo em troca de facilitar marcação de cirurgia ortopédica a uma paciente de 24 anos.
Segundo a polícia, o funcionário do HE pediu à ela R$ 1,2 mil pelo agendamento, para garantir o nome dela na lista de cirurgias. Diante na negação da mulher, o enfermeiro insistiu, baixando o valor para R$ 800 e o restante, R$ 400, ela poderia quitar mantendo relação sexual com ele.
Profissional pediu que paciente pagasse favorecimento com sexo
WhatsApp/Reprodução
A usuária, que estava internada desde o dia 4 de fevereiro na unidade de saúde, denunciou o caso a direção do HE, que acompanhou a vítima até a 6ª Delegacia da Polícia Civil. Ela apresentou provas do assédio que foram registradas em conversas de textos e áudios pelo WhatsApp. De acordo com o delegado Leonardo Brito, o enfermeiro tinha uma ajudante, que também foi presa.
“A direção do hospital fez a denúncia na delegacia, informando a participação de dois técnicos que tinham solicitado valores para agendar cirurgia ortopédica. Quando a vítima disse não dispor do dinheiro, o enfermeiro a levou para uma sala, passou a mão em suas partes íntimas, ela o afastou e ele falou que se ela pagasse R$ 800 e mantivesse relações sexuais que ele daria o desconto de R$ 400”.
Paciente em conversa com enfermeiro, paciente diz que vai pagar pelo procedimento
WhatsApp/Reprodução
De acordo com o delegado, os dois profissionais devem responder pelo crime de “concussão”, que é receber vantagem indevida, em razão de função pública, e podem pegar até 8 anos de prisão. A direção do HE também informou que contra o enfermeiro existem várias suspeitas, mas as vítimas não apresentavam provas.
“Existem muitas denúncias contra ele, mas não há provas. Geralmente a abordagem é feita com pessoas humildes, que não querem se comprometer e também ficam com medo porque dependem dessa cirurgia, em situação de fragilidade”, disse o delegado.
Waldir Bitencourt, diretor do Hospital de Emergências, falou da importância do paciente fazer denúncias.
“É importante que a população fique ciente que ela também é responsável por fiscalizar o serviço de saúde, ela tem o poder de denúncia. Toda denúncia que chega é averiguada. Esses servidores não eram responsáveis pela marcação de consulta e essa paciente não teve o nome colocado no mapa cirúrgico. A fila de espera da unidade é monitorada e acompanhada pelo Ministério Público”.
O diretor explica que as denúncias podem ser feitas diretamente na direção do hospital, ou na ouvidoria e órgãos de controle, além da polícia. Disse também que o servidor foi afastado. A outra envolvida é funcionária terceirizada e também não atuará mais no HE.

Ler mais

Juiz pede reforço policial nos presídios do Ceará devido ‘à grave situação carcerária’

Objetivo de pedido é que policiais façam guarda na área externa dos presídios do Ceará. Líderes de facções em presídios do Ceará são transferidos para evitar conflitos entre grupos
TV Verdes Mares/Reprodução
O juiz Luiz Bessa Neto, corregedor dos Presídios do Ceará, solicitou à Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social um reforço de policiais militares para realizar a segurança externa dos presídios da Região Metropolitana de Fortaleza. O objetivo é que os policiais ocupem as guaritas diariamente, o que atualmente é feito por agentes penitenciários.
No pedido, o juiz cita quatro fatores que justificam a medida:
“Grave situação carcerária” nos presídios, situação evidenciada em inspeções
A Polícia Militar do Ceará “não tem cumprido de maneira integral” o dever de zelar pela segurança externa nos presídios
A ausência da segurança externa “implica necessariamente na fragilização da segurança interna” dos presídios
A ausência da segurança possibilita o “escancaramento” no entorno das muralhas, o que facilita o “rebolo” de armas e drogas para dentro das unidades
O G1 procurou a Secretaria de Segurança Pública e questionou se o pedido seria atendido e aguarda resposta da pasta.
Fragilidade
Reportagem do G1 publicada nesta quinta-feira (22) traz relato de agente penitenciário que relata a fragilidade dos servidores nas unidades da Grande Fortaleza. Ele cita inclusive a fragilidade dos servidores que atuam nas guaritas.
“Na questão da vigilância, dos guariteiros, está havendo invasão da parte de fora. Foi detectado que pessoas que iriam invadir estavam com armamento pesado. Essa questão, para o guariteiro, é uma questão bastante complicada.”

Ler mais

Vídeo mostra pedestre se arriscando em travessia em linha férrea em Juiz de Fora

Flagrante foi feito pelo sistema de monitoramento da MRS Logística no Centro da cidade.  Vídeo mostra pedestre se arriscando em travessia em linha férrea de Juiz de Fora
Um pedestre, não identificado, se arriscou para atravessar a linha férrea na tarde desta quarta-feira (21) em Juiz de Fora. O flagrante foi feito pelo sistema de monitoramento da MRS Logística, concessionária responsável pela ferrovia, na passagem em nível na Rua Benjamim Constant no Centro.
As imagens mostram que a travessia já estava fechada, porque carros estão parados esperando a liberação no sentido Centro. Mesmo diante da proximidade da composição, outros dois pedestres cruzam pelo direcionador de curso no passeio.
No entanto, as imagens captaram um homem que vem correndo pelo passeio na Avenida Francisco Bernardino e cruza a linha férrea no meio da Rua Benjamin Constant pouco antes do trem alcançar a passagem em nível.
A concessionária divulgou o vídeo nesta quarta-feira (22) destacando que, em Juiz de Fora, o trem ocupa a passagem em nível por menos de três minutos. E que, além da buzina do trem, que é usada como alerta pelo maquinista, o trecho possui cancela, sinal sonoro, luminoso, placas de sinalização e direcionador de fluxo.
Em nota ao G1, a MRS informou que a passagem em nível não ficou obstruída e que em 2018, até o momento, foi registrada uma ocorrência na cidade. A empresa orienta que os pedestres e motoristas sigam a orientação das placas afixadas nas passagens em nível, pare antes de cruzar a ferrovia, olhe para os dois lados e escute.
Mais acidentes em 2017
De acordo com o balanço divulgado pela empresa, foram registradas 34 ocorrências, entre atropelamentos e colisões no ano passado. Em 2016, foram 25 acidentes. De acordo com o relatório, Juiz de Fora é o município mais crítico em toda a malha sob administração da empresa. Na cidade, foram 15 ocorrências em 2017, contra 11 em 2016.
O relatório completo com todas as 105 cidades que têm cobertura da MRS pode ser consultado no site da empresa.
Pedestre se arrisca em travessia em linha férrea em Juiz de Fora
Reprodução/MRS Logística

Ler mais

Arsenal é apreendido em operação que prendeu quatro PMs no Maranhão

Segundo a polícia, um major, dois sargentos e um soldado faziam parte de um grupo que estaria transportando e fazendo segurança de mercadorias, drogas, armas e munições contrabandeadas. Quatro policiais militares são presos por suspeita de integrar milícia em São Luís
A Polícia Militar (PM-MA) anunciou, nesta quinta-feira (22), que a operação que prendeu quatro policiais militares no bairro Quebra Pote, zona rural de São Luís, também resultou em grande número de armas e munições apreendidas. O objetivo era capturar pessoas que estariam transportando e fazendo segurança de mercadoria contrabandeada, drogas, armas e munições.
Vários tipos de armas foram apreendidas pela Polícia em operação que prendeu quatro militares, em São Luís
Divulgação/Polícia Militar
Segundo o Tenente-Coronel Wellington Araújo, por volta das 23h da quarta-feira (21) foi encontrada uma caminhonete com quatro homens. Na abordagem, três pistolas pertencentes à PM-MA foram achadas com eles, que foram presos.
Veículo onde um grande número de armas e munições foram encontradas pela Polícia
Divulgação/Polícia Militar
O comandante de área na região onde ocorreu a operação, coronel Edivaldo Mesquita, disse que os presos faziam parte da Polícia Militar, sendo um major, dois sargentos e um soldado. Dentro do veículo foram encontrados:
277 munições para diversos tipos de armas
18 carregadores de armas
6 Pistolas
1 Revólver
2 Rifles
2 Granadas
2 Placas de veículos de São Luís MA
1 Alicate
1 Chave de boca
2 Coldres
1 Porta Tonfa
1 Bandoleira
1 Cinto de guarnição com coldre e faca
1 Binóculos Night Visio
2 Coletes Balísticos
5 Celulares
1 Canivete
1 Mochila
1 Bolsa
1 Saco com abraçadeiras de nylon
R$ 1.156,00 em espécie
1 Veículo sem placas e com chave
Armas e munições apreendidas pela Polícia Militar durante operação realizada no bairro Quebra Pote, em São Luís
Divulgação/Polícia Militar
Os quatro militares foram apresentados na Superintendência de Combate à Corrupção (Seccor), no bairro do São Francisco, em São Luís.
Policiais são presos suspeitos de participação em grupo criminoso no Maranhão

Ler mais