Vitória de Temer custa caro

A vitória do presidente Michel Temer, ontem na Câmara, teve um custo alto para os cofres públicos e doerá no bolso do setor privado. O presidente obteve 263 votos favoráveis ao arquivamento do pedido de autorização para que o Supremo Tribunal Federal investigue se ele cometeu crime de corrupção passiva. Apenas três iniciativas de um “pacote de bondades” recente para agradar aos parlamentares somam R$ 13,2 bilhões

Ler mais